La Arquitectura de La Luz Natural

PLUMMER, Henry
Ed. Blume, Barcelona, 2009
28,5 x 26,7 cm, miolo e capa 4 cores, 256p.

REF: ilu0011 Categoria

Descrição

Os conceitos de refúgio e da luz natural tem sido sempre elementos fundamentais da arquitetura ao longo da história. O primeiro versa sobre a idéia de protegermo-nos dos elementos exteriores, enquanto a segunda trata da interação criativa e às vezes espiritual, entre o mundo natural e aquele feito pelo homem. Este é sólido e estático; aquele ilumina e anima. Os arquitetos de todos os tempos tem se preocupado em unir estes dois aspectos tão opostos em um matrimônio que transforma a luz natural em material construtivo.
Através do olhar de um arquiteto fotógrafo La arquitectura de la luz natural é a primeira publicação que considera os imumeráveis efeitos da luz natural sobre os edifícios contemporâneos. Este estudo exaustivo e cuidadoso começa com uma breve introdução à história da arquitetura através dos avanços e experimentos levados a cabo por arquitetos de várias épocas, seguido de 7 capítulos dedicados às qualidades específicas da luz natural.
Cada um destes capítulos tem uma introdução que analisa os usos particulares da luz em diferentes disciplinas, desde a história da arte e do cinema, passando pela literatura, para logo passar a estudos particulares dos edifícios de todo o mundo, com centenas de projetos internacionais recentes.
O livro examina os trabalhos de alguns dos arquitetos contemporâneos mais influentes tais como Tadao Ando, Steven Holl, Herzog y De Meuron, Peter Zumthor, Frank Gehry, Alvaro Siza, Alberto Campo Baeza, Rafael Moneo, Rem Koolhaas, Jean Nouvel, Fumihiko Maki y Toyo Ito, entre outros.
Para todos aqueles que buscam crear um espaço que trancenda ao físico, La arquitectura de la luz natural é um estudo poético e poderoso, além de prático, que proporciona um enfoque original e atemporal da arquitetura contemporânea.
Principais capítulos:
La otra arquitectura: Construyendo espacio metafísico
Capitúlo 1 – Evanescencia: Orquestación de la luz para que mute en el tiempo
Capitúlo 2 – Procesión: Coreografia de luz para el ojo en movimiento
Capitúlo 3 – Velos de Cristal: Refracción de la luz en una película diáfana
Capitúlo 4 – Atomización: Tamizado de la luz a través de una pantalla porosa
Capitúlo 5 – Canalización: Encauzando la luz a través de materia hueca
Capitúlo 6 – Silencio ambiental: Afluencia de luz con un único espíritu
Capítulo 7 – Luminiscencia: Materialización de la luz en sustancia física
Anexos e Bibliografia.

Informação adicional

Peso 1.946 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “La Arquitectura de La Luz Natural”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *