R$121,80

SOLANAS, Toni
Gustavo Gili, Barcelona, 2008
224p., 30 x 23 cm, capa e miolo 4 cores

REF: conf0004 Categoria:

Descrição

O acesso à moradia é hoje o principal problema dos espanhóis. O modelo especulativo que imperou no âmbito da edificação tem sido muito prejudicial para amplas camadas da população, para o território e para o meio ambiente.

A constatação de que as mudanças climáticas estão se produzindo vem conscientizando a sociedade. Todos estes fatores, entre outros, deixam claro de forma enfática que necessitamos de um novo modelo produtivo e cultural baseado no equilíbrio entre os fatores sociais, ambientais e econômicos. A edificação, e em particular a moradia, é um dos setores que mais deve evoluir em direção a uma sociedade mais sustentável.

Se bem que a qualidade da arquitetura de vanguarda da Espanha tenha sido amplamente reconhecida, o grau de sustentabilidade de sua construção ainda é muito deficiente. Por este motivo, este livro sobre moradia coletiva espanhola, se propõe a dar conhecimento de algumas obras projetadas por arquitetos que já iniciaram uma trajetória em direção a uma gestão mais respeitosa dos recursos do meio ambiente.

São projetos que levam em conta uma série de fatores como o bioclimatismo, a busca de soluções passivas para conseguir refrigeração no verão, os novos sistemas energéticos, a participação, as tipologias para os novos grupos sociais, a reabilitação, etc.

Um total de 32 arquitetos expressam suas inquietudes e nos mostram 41 obras nas quais são aplicadas algumas das soluções que logo serão de aplicação generalizada em âmbito internacional.

Informação adicional

Peso 1.341 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Vivienda y Sostenibilidad en Espana Vol.2”

O seu endereço de e-mail não será publicado.