O Ruido das Obras da Construção Civil e o Risco de Surdez Ocupacional

R$15,00

MAIA, Paulo Alves
Fundacentro, São Paulo, 2008
145p., 23 x 16 cm, capa 2 cores, miolo PB

Calcular Frete CFPP
Forma de Envio Custo Estimado Entrega Estimada
REF: acus0007 Categoria:

Descrição

Este trabalho, realizado no âmbito da construção civil, analisa o potencial de risco das perdas auditivas induzidas pelo ruído (NIPTS), de ajudantes gerais, pedreiros, armadores e carpinteiros. Além disso, compara as NIPTS com as perdas geradas pela exposição ao nível de ação (82 db (A) ) e com as geradas pelo limite de tolerância (85 db (A) ) calculadas de acordo com a ISO 1999 (1990). Para isto, calculou-se as NIPTS com base nos dados audiométricos de trabalhadores de 49 empresas utilizando-se a base de dados da norma ISO 7029/84. Para checar os resultados desse procedimento, chamado de “audiométrico”, levantaram-se as principais fontes de ruído, os espectros sonoros de máquinas utilizadas, os níveis de exposição na realização de várias tarefas específicas de cada categoria profissional estudada. A seguir, classificou-se essas tarefas segundo o critério: não ruidosas (<82db(A)), moderadamente ruidosas (entre 82 e 85 db (A)) e ruidosas (>85 db (A) ), Os resultados obtidos nesse procedimento foram comparados com os resultados do procedimento audiométrico alcançando boa concordância. Concluiu-se que, das categorias estudadas, somente na de carpinteiros exixte um potenciasl de risco de perdas auditivas significativas, abrangendo, pelos menos, 50% da população dos trabalhadores desta função.

Introdução:
(*) Considerações gerais
(*) O problema estudado
(*) Objetivos
(*) A construção civil: importância e características
(*) O trabalhador da construção civil
(*) A natureza do som
(*) O ouvido humano
(*) Classificação das perdas auditivas
(*) Perda auditiva iduzida pelo ruído ocupacional

Capítulo 2 – Revisão Bibliográfica

Capítulo 3 – Materiais e Métodos
(*) Pressupostos necessários
(*) Procedimentos necessários – 17 sub-itens, inclusive normativos

Capítulo 4 – Resultados e Discussões
(*) Resultados de medidas de campo – 5 sub-itens
(*) Resultados do tratamento dos dados audiométricos– 5 sub-itens

Capítulo 5 – Discussão dos Resultados
(*) Procedimento audiométrico– 4 sub-itens
(*) Resultados dos procedimento de campo – 4 sub-itens

Capítulo 6 – Conclusão

Capítulo 7 – Sugestões de novos trabalhos

Referências Bibliográficas
Anexos:
(*) A – Pesquisa Mensal de Salários Regionais
(*) B – Perdas induzidas peloruído calculadas por meio da ISO 1999/90
(*) C – Conceito, tipos e interpretação de testes audiométricos
(*) D – Audiogramas mostrando a progressaão do NIPTS
(*) E – Dados e resultados dos audiogramas – 9 sub-itens
Glossário

Informação adicional

Peso 0.281 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Ruido das Obras da Construção Civil e o Risco de Surdez Ocupacional”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *