R$39,00

BRANCO, Samuel Murgel
Editora Blucher, São Paulo, 2007
202 P, 24 x 17 cm, Capa 4 Cores, Miolo PB

REF: ener0014 Categoria:

Descrição

Cap. 1 – Visão sistêmica e a visão reducionista: Dois grandes paradigmas conceituais:
A visão integrada da natureza- O reducionismo cartesiano; A tendência unificadora- ciência e filosofia.
Cap. 2 – Os chineses e a objetividade da realidade subjetiva:
Paradigmas ou estruturas conceituais; A evidência proporcionada pelos sentidos; Taoísmo e Confucionismo
Cap. 3 – Os Alquimistas:
O Racionalismo; Revolução da cultura na Idade Média; As adaptações da filosofia de Aristóteles pela Igreja; A Alquimia; A metodologia alquímica e a ciência.
Cap. 4 – O desenvolvimento de uma “Metodologia Ocidental”:
Descartes e a “Independência da Razão”; O impacto da ciência experimental; A visão mecanicista da natureza – Kant e a critica da razão; Hegel e a dialética.
Cap. 5 – Os problemas do racionalismo cartesiano:
O principio de causalidade ; A visão holística; O Instrumentalismo: Corpúsculos, Ondas e Campos; A unidade matéria /energia; O principio da indeterminação e o colapso da matéria; Organicistas e micromeristas; Reações ao mecanismo na biologia; O “Campo” Ecossistêmico.
Cap. 6 – O paradoxo termodinâmico:
A conservação da energia – A degradação das energias; A desordem criadora.
Cap. 7 – O organicismo e a abertura para uma teoria sistêmica:
Causalidade e finalismo; Causalidade e vitalismo; Conceito de sistema; Os ecossistemas; Definições de sistema; Sistemas abertos e fechados; Características e propriedades de sistema.
Cap. 8 – A evolução das espécies dos ecossistemas e do meio ambiente:
O “principio da população” de Malthus; Malthus e o controle das populações; As teorias evolucionistas; A seleção natural; O Criacionismo; A evolução dos ecossistemas e o princípio da “concordância geométrica”; A origem do homem como resultado da evolução dos ecossistemas; Finalismo e meio ambiente; O comportamento ético; Definição de Meio Ambiente.
Cap. 9 – O problema econômico:
Desenvolvimento e economia – Adam Smith e o conceito de valor; O principio da “Economia Conservativa”; O “paradoxo da descartabilidade”; Condições básicas para uma economia conservativa.
Cap. 10 – O problema energético:
As formas e transformações da energia; As “fontes alternativas”; Os impactos da energia hidrelétrica; Energia e desenvolvimento; Economia da energia.
Cap. 11 – O problema urbano:
O ambiente urbano; A cidade e os ecossistemas; As áreas verdes no ambiente urbano.
Cap. 12 – O problema cultural e ético:
O conceito de “cultura”; Origem do comportamento humano; Cultura e ética; O fenômeno da aculturação.
Cap. 13 – O mito da natureza:
Proteção à natureza ou proteção ao Homem?; Semântica do termo natureza; A força vital; O teleologismo; A escola vitalista; O romantismo filosófico; O naturalismo; O “retorno ao natural”; As idéias mecanicistas; A revolução da química; Monod e seu conceito de teleonomia; Um “ambientalismo” racional e objetivo.
Cap. 14 – O direito das coisas:
O direito natural; Direito e Ética; O Contrato Natural de Serres; A hipótese Gaia; Objetividade e alegoria; Natureza antropomórfica; A natureza romântica; Consumo e disponibilidade.
Cap. 15 – Os movimentos ambientalistas:
Conservação ou preservação?; A “deep ecology”; Discriminação ecológica; Ecologia “mediática”.
Cap. 16 – Conclusão:
O elemento e o todo; O fenômeno natureza; O fenômeno humano; Dominação do hemisfério sul; A visão ecossistêmica; A eficiência dos sistemas de comunicação; O conforto; A produção de alimentos; A educação.
Biografia.

Informação adicional

Peso 0.403 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Ecossistêmica – Uma Abordagem Integrada dos Problemas do Meio Ambiente”

O seu endereço de e-mail não será publicado.