R$57,96

BARROS, Lilian Ried Miller
Ed. Senac, São Paulo, 2006
336 p., 23 x 16 cm, capa e miolo 4 cores

REF: cor0006 Categoria:

Descrição

Raros ainda são, no Brasil, os estudos sobre a manifestação artística e expressiva da cor, bem como sua importância nos diversos elementos de comunicação e design.
Por esta razão, a autora, especialista nesta área, invova ao mostrar, a partir do legado deixado pela Bauhaus, uma das mais representativas escolas de arte do mundo, como a cor pode ser inserida no processo criativo e quais suas implicâncias na transmissão de sentimentos, sensações e mensagens. Para isso, ela avalia a metodologia didática de quatro de seus grandes mestres – os pintores Johannes itten, Paul Klee, Wassily Kandisnky e Josef Albers -, além da marcante influência da obra Doutrina das cores de Goethe sobre a escola.
A cor no processo criativo é mais uma contribuição do SENAC São Paulo à formação cultural e técnica de professores e estudiosos da arte, arquitetos, decoradores, cenógrafos, designers e profissionais ligados à comunicação visual.

Introdução

Capítulo 1 – Bauhaus

Capítulo 2 – Johannes Itten

Capítulo 3 – Paul Klee

Capítulo 4 – Wassily Kandinsky

Capítulo 5 – Josef Albers

Capítulo 6 – Wolfgang von Goethe

Conclusão

Informação adicional

Peso 0.756 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A cor no processo criativo – Um estudo sobre a Bauhaus e a teoria de Goethe”

O seu endereço de e-mail não será publicado.